Alemão idioma – verdades e mitos


Sem estudar ou mesmo ter contato com esse idioma, muitas pessoas afimam com segurança que é muito difícil aprender sem estar no pais. Porque o falar alemão é muito diferente dos demais idiomas tal como Inglês e Portugues.

Vamos esclarecer alguns erros cometidos por muitos ao tentar ensinar o idioma alemão Brasileiros, por ex.

O artigo der (não corresponde ao artigo “o” )

O artigo die (não deve ser traduzido para “a” “as” etc)

O artigo das ( não é e nunca foi um artigo neutro como alguns tentem nos ensinar).

Como começar a aprender os substantivos sem que tenhamos como determiná-los por meio de um artigo, seja masculino, feminino, ou o tal do neutro?

A dica é simples. Quando a palavra tem a pronúncia forte e é um monossílabo, o artigo é “der”. Então faça uma lista de todas as palavras com essa característica e verá que a margem de erro é tão baixa que não daria uma reprovação em caso de testes. Vamos lá?

der Kopf- a cabeça.( imagina se tivéssemos acreditado que o der fôsse “o”) já estaríamos a arrancar os nossos lindos cabelos.

der Tag – o dia, der Mann- o homem, der Tisch – a mesa, der Stuhl- a cadeira. der Fuß- o pé, der Fluß- o rio.

Não é xik, saber que há uma regra para determinar o artigo em alemão? Então a tarefa de aprender fica bem mais simples. E como já lemos por aqui, uma aprendizagem se dá independentemente do nosso esforço, porque o cérebro registra tudo mesmo, sem a nossa vontade. Então, se não quiser sair por ai falando girias, fuja de grupos que somente falam girias, ou você só canta músicas que lhe ensinam, não! Não é verdade, cantarolamos canções que nem ao menos sabemos quem as lançou, e também não caimos da cama, mesmo quando essa cama é estreita, e, sabe por que? Porque o nosso cérebro cuida de nós. O nosso cérebro registra tudo que lhe for apresentado por mais de três vezes. Verdade? Sim, se ouvirmos ou miramos algo somente um vez e não nos for chamada a atenção, não nos causar impacto, o cérebro lança fora, que bom não é?

Na próxima página vamos falar do artigo “die” Não perca, e aproveite e deixe aqui a sua mensagem com endereço para resposta, ok.

Bis bald. Darcy.

18 comments on “Alemão idioma – verdades e mitos

  1. O alemão é mesmo uma lingua incrivel para se aprender. Comecei o curso uns meses atras e cada dia encontro uma descoberta. Muitos falam que é parecido com o inglês, mas a lingua alemã é unica. Pode-se dizer que é realmente uma lingua enigmática e diferente de todas as outras, mas exige muito estudo e trabalho. Todo mundo me pergunta: Porque aprender alemão ?

    Será porque “Quem aprende uma nova língua conhece um novo mundo.“ ?? (Johann Wolfgang von Goethe).
    Será porque o alemão é uma das principais línguas na ciência, pesquisa e tecnologia??
    Será porque a Alemanha está no centro da Europa e, hoje, mais de 100 milhões de pessoas se comunicam em alemão ??

    São inumeros motivos que justificam tal escolha. Mas na verdade quem de fato quiser participar ativamente do futuro, está no rumo certo, investindo em alemão.

    Like

    • É verdade!

      O idioma alemão faz a diferença no campo da ciência e tecnologia, na comunicação, na cultura e porque não mencionarmos no mercado de trabalho.

      Quando desejamos falar com alguma pessoa em qualquer lugar do mundo, a língua mais usada é a língua inglesa, mas então porque não aprender a língua inglesa? Claro que a sugestão é de que se aprenda a falar, ler, escrever, e por fim, comunicar-se em inglês. Porém, ao estudar com propriedade o idioma alemão estaremos agregando valor ao conhecimento e portanto, estamos mostrando que dispomos de uma ferramenta a mais na tão acirrada concorrência.

      Para ser mais claro, tomemos como exemplo um mercado que vende pêras. Onde há maior probabilidade de vendas?
      Será numa região onde todos os cultivos são de pêras, ou onde essa é uma fruta rara?

      No mercado de trabalho, no campo profissional, há também a Lei da Oferta e da Procura, Maior oferta menor valor, menor oferta maior valor. A Lei de mercado em todas as áreas é tão imutável quanto a Lei da Gravidade, Parlamento algum poderá modificá-la.

      Conclusão, investir na aprendizagem e adquirir o domínio da língua alemã, continua sendo uma decisão inteligente.

      Konlinux agradece a sua participação e se coloca à disposição para elucidar dúvidas, sinta-se à vontade para comentar, sugerir, criticar lembrando que conhecimento é mais sólido quando é produzido coletivamente. Seja parte do universo do Conhecimento.

      Seien Sie frei um zu schreiben. Vielen Dank für alles.

      Darcy – Conhecimento é um bem da humanidade.

      Like

  2. 1-NOMINATIIV – Sujeito. AKKUSATIV- Objeto direto. DATIV – Objeto indireto.

    der Mann arbeitet. Wir sehen den Mann. Wir geben dem Mann den Ball.

    O homem trabalha. Nós vemos o homem. Nós damos ao homem a bola.

    Wer arbeitet? Wen sehen wir? Wem geben wir den Ball? (was geben wir?

    2- Os pronomes interrogativos sugerem o caso gramatical,

    Wer -Nominativ. Wen – Akkusativ Wem- Dativ ( Para pessoas)

    Was – Nominativ. Was -Akkusativ. …………………………………………

    3- Preposições mais pronome, para interrogativos – sugerem os casos gramaticais.
    = Preposições + pronomes=

    Zu wem geben wir den Ball. Bei wem lernen Sie. Mit wem fahren Sie. (Dativ)

    Für wen ist das? Über wen sprechen wir. gegen wen ist das? (Akkusativ)

    4- Pronomes mais preposições, para interrogativos – sugerem os casos gramaticais.
    = Pronomes + preposições= ( Wo + preposições) –> para responder empregase ( da + preposições). Vide exemplos a seguir.

    Womit fahren Sie heute? Fahren Sie heute mit dem Wagen? Ja, ich fahre damit.

    Worüber sprechen Sie? Sprechen Sie über die Lektionen? Ja, ich spreche darüber.

    Wofür kaufen Sie das? Kaufen Sie das für das Studio? Ja, ich kaufe es darfür.

    Woran denken Sie? Denken Sie an das Haus? Ja, ich denke daran.

    5- As preposições tem preferência nos casos gramaticais. Por que? Porque há três oportunidades de exposições dos casos.
    a ) Força do verbo. ex.: Wer kauft, kauft etwas- quem compra, compra algo. logo od.

    b) Força adverbiais. ex. Wann=quando? sempre dativo. Wo= onde? sempre dativo.

    c) Força de preposições. Porém as preposições se sobrepõem aos casos a, b acima.

    Ex. Quando se vai a um lugar que há o artigo, usamos “in, zu”
    ex. ich gehe in die Kirche. Ich gehe in das (ins) Studio. Ich gehe in den Markt.

    Porém, quando o local não tem artigo, empregamos a preposição ” nach”.

    Ex. Ich fliege nach Deutschlan. ich fliege nach USA. wir fahren nach Sao Paulo.
    Com exceção de Haus, que apesar de ter o artido “das”, dizemos: Ich gehe nach Haus.

    6- As preposições tem seus casos, como já exposto no capitulo anterior.

    Akk= gegen, für, ohne, durch, entlang. (ich gehe die Strasse entlang) entlang virá sempre no final da frase.

    Dat. mit, zu, nach, bei, aus, gegenüber. (wir wohnen der Post gegenüber) gegenüber virá sempre no final da frase.

    Das ist genug für heute. Bis zum nächsten Mal. Tschüss. (am 26ten, Januar 2013.

    Darcy – Conhecimento é um bem da humanidade.

    Like

  3. Darcy, como estou meio esquecidinha por ter parado, passei por aqui e gostei muito da sua explicação, pelo menos eu recaptulei algumas matérias.
    Bis Bald,
    Bleibe mit Gott
    Danke.

    Like

    • Hallo!

      Ich hätte Ihnen gern dafür danken. Wie Sie ja wissen, diese Sprache ist wirklich gar nicht so schwer wie vielen Leute denken.

      Aber man muss immer richtig arbeiten, sonst kann man nicht bestehen.

      Versuchen sie mal jeden Tag üben, lesen, schreiben, denken, sprechen um eine gute Erfahrung beherrschen.

      Seien Sie frei um in verabindung zu bleiben.

      Es gibt noch viel mehr in dem Blog, lesen weiter, die Tür ist immer geöfnet.

      http://konlinux.com .

      Like

  4. PERSONALPRONOMEN

    Nominativ – Dativ – Akkusativ – Reflexiv

    ich – mir- mich – mich/mir (havendo dois objetos o reflexiv passa para o dativo)
    du – dir – dich – dich/dir
    er – ihm – ihn – sich
    sie – ihr – sie – sich
    es- ihm – es – sich
    wir- uns uns uns
    ihr euch euch euch
    sie ihnen sie sich
    Sie Ihnen Sie Sich

    EXERCÍCIOS ESTRUTURAIS
    01- Mein Vater kommt zu mir. (ich) 02- Ich fahre zu ihm(er).
    03- Meine Schwester besucht euch(ihr) 04- Der Lehre fragt dich(du) und nicht mich (ich)
    porque em alemão o verbo fragen rege ou exige acusativo. Pergunta me.
    05- ich arbeite oft mit ihm(er). 06- Ich helfe ihr (sie). 07 -ich helfe ihnen(sie/plural)

    Pelo fato da gramática alemã estar sob diretrizes do latim, as regência obedecem a uma lógica, não sendo necessário decorar nada.

    A escala de prioridades, essa sim, deve ser seguida. Preposições -prioridade 1. Verbos- prioridade 2. Indicação de movimento-para onde? ou indicação de posição onde? -prioridade 3.

    Ich wohne. (bei wem wohnen Sie) Ich wohne bei meiner Familie. (bei=preposição) 1.

    Ich helfe. (wem helfen Sie) Ich helfe meiner Frau. (helfen- rege dativo) 2.

    Ich arbeite. (wo arbeiten Sie?) Ich arbeite im Büro. 3.

    Ich gehe. (wohin gehen Sie?) Ich gehe in den Park. 3.

    In English we say: ………………………………………………………………I like pop music.
    Em Alemão pop music também é objeto direto do verbo gostar. Ich liebe Pop Musik.

    Se tanto o idioma inglês quanto o idioma alemão tem esse objeto como direto, por que o português faz essa mágica de colocar uma preposição “gostar de”, para transformar o objeto do verbo gostar em objeto indireto. Por essa razão o idioma português culto é tão difícil ou muito difícil de ser aprendido e mantido.

    Em alemão o objeto indireto de um verbo costuma ser um ente animado, com poderes de devolver a ação.

    O objeto direto costuma ser um ente inanimado, não tem vida própria.
    Ex. eu dou ao amigo uma bola.
    Ich gebe dem Freund den Ball. O amigo pode me devolver a bola. Já bola não pode fazer nada. Então, há uma lógica identificadora dos objetos, quem é direto e quem indireto.

    Com o benefício de se a ordem ou posição dos entes, sujeito, objeto direto, objeto indireto for alterada, nada será alterado no entendimento.

    ex.: Den Ball gebe ich dem Freund.
    Dem Freund gebe ich den Ball.
    Ich gebe dem Freund den Ball. Sempre que os dois objeto estiverem presentes, a ordem é indireto primeiro e em segundo lugar o objeto indireto.

    Caso, os bjetos sejam pronomes a ordem será invertida. direto depois indireto.
    ich gebe ihn ihm.

    Até breve, à disposição para sanar dúvidades.
    Darcy – Conhecimento é um bem da humanidade.

    Like

  5. ALLE UND KEINE.

    Esse parzinho ai, tem uma característica muito importante.
    Após “alle” e “keine” todo adjetivo no plural recebe “n ou en”. Ex.: Alle neuen Wagen.

    Keine neuen Autos. E por que é tão importante sabermos isso? Pelo simples fato de que
    no acusativo “der vai para den, logo: neue vai para neuen”. Der Wagen steht vor der Garage. Ich habe “den Wagen”. Notou?
    E se não tivéssemos o conhecimento de que “alle e keine” tem essa característica, estaríamos sem saber como continuar a nossa redação.

    Die Kinder haben keine neuen Bücher.

    Tschüss. Bald kommen wir zurück.
    Darcy

    Like

  6. FRAGENPRONOMEN

    Wer, was, wann, warum, wozu, wofür, woran, worauf, worüber usw.

    dazu, dafür, daran, darauf, darüber usw.

    01- Wer schreibt den Brief? Die Sekretärina macht es.

    02- Was schreibt sie? Sie schreibt den Brief.

    03- Wann schreibt sie den Brief? Sie schreibt ihn jetzt.

    04- Warum schreibt sie den Brief? Weil der Chef sie gefragt hat.

    05- Wozu schreibt sie den Brief? Schreibt sie ihn zu schicken? Ja, sie schreibt ihn dazu.

    06- Wofür ruft sie die Taxizentrale an? Ruft sie für das Taxi? Ja, sie ruft dafür.

    07- Woran denken Sie noch? Denken Sie an Ihr Haus? Ja, ich denke daran.

    08- Worauf fragt der Chef? Fragt er auf da Thema? Nein, er fragt nicht darauf.

    09- Worüber sprechen die meisten Leute? Sprechen sie über ihr Projekt?Ja, sie sprechen am meistens darüber.

    mit wem, bei wem, zu wem, nach wem, aus wem?

    Mit wem sprechen Sie? Sprechen Sie mit dem Briefträger? Ja, ich spreche mit ihm.

    Obs: Pessoas (preposição antes, pronome depois.) Coisas (pronome antes, preposição depois) ex, wir warten auf ihn. (pessoa) Esperamos por ele. der Chef.
    ex. wir warten darauf. (coisa) Esperamos por ele. o Taxi.

    Später werden wir gern weiter erklären.

    Man muß nicht versprechen, aber was man verspricht muß man halten.

    http://konlinux.com – fundada em 2002 – Conhecimento é um bem da Humanidade.

    Like

  7. Einige Ameisen kamen in die Stadt um etwas zu suchen.

    Was sie tun wollten, sieht sich richtig und unbedingt aus, aber nach einer Stunde hatten sie die Stadt völlig zerstört. ( Nichts zu lernen)

    Like

  8. PLURAL EM ALEMÃO!

    Todos os artigos tais como: Der, Die, Das se transformam em “Die”, isso mesmo!
    Der Tag – die Tage
    Das Kino – die Kinos
    Die die Frau – die Frauen.

    Há seis (6) casos em que o substantivo sofre alterações. Porém os artigos continuam com essa característica.

    Profissões como der Lehrer, der Fahrer, não sofrem alterações, altera-se somente o artigo.
    der Lehrer vai para “die Lehrer”.
    der Quizmaster vai para ” die Quizmaster”.

    No próximo comment abordaremos este assunto.

    Allein Stark – Zur Zeit sprechen wir darüber weiter um es in Ordnung zu bringen.

    Like

  9. Bevor – Während – nachdem ( Temporalsätze)

    Vor der Reise kaufe ich eine Fahrkarte – Antes da viagem eu compro uma passagem.

    Bevor ich eine Reise mache, kaufe ich eine Fahrkarte- Antes de fazer uma viagem eu compro uma passagem.

    Während der Fahrt lese ich ein gutes Buch – Durante a vigem leio um bom livro.

    Während ich im Zug fahre, lese ich ein gutes Buch – Enquanto eu estou no trem, eu leio um bom livro.

    Nach meiner Ankunft gehe ich ins Hotel – Após minha chegada vou ao Hotel.

    Nachdem ich angekommen bin, gehe ich ins Hotel – Após haver chegado, vou ao Hotel.

    Obwohl – trozdem ( Konzessivsätze)

    Like

  10. William Shakespeare?

    In Shakespeares Stücken geht es fünfmal um Schiffbruch, und die Art und Weise, wie nautische Begriffe benutzt werden, legen den Schluß nahe, daß der Schreiber ein erfahrener Seefahrer gewesen sein muß. Ist Shakespeare ins Ausland gereist? Mußte er bei den Seestreitkräften Dienst ableisten? Erlebte er die Niederlage der spanischen Armada im Jahr 1588 mit? Jede dieser Möglichkeiten würde die Urheberschaft Shakespeares glaubwürdig machen, aber es finden sich keinerlei Anhaltspunkte darür. Ähnlich verhält es sich mit seiner versiertheit in militärischen Angelegenheiten und der Sprache der Fußsoldaten.

    In seinen Werken kommen auch zuhauf Bibelzitate vor. Vielleicht hat er sie von seiner Mutter gelernt, aber es gibt keinen Beweis dafür, daß siee lesen konnte. Shakespeares Bibelwissen wirft die Frage nah seiner Bildung auf.

    Williams Vater John war Handschuhmacher, Wollhändler und möglichweise auch Fleischer.

    Er war ein geachteter Bürger, obgleich Analphabet. Obwohl es kein Schülerverzeichnis der Stratfordere Lateinschule gibt, sind die meisten Gelehrten heute der Auffassung, daß der junge Williams sie besucht hat. Jahre später sagte Williams Freund, der Dichter Ben Jonson, über ihn, daß er “wenig Latein und noch weniger Griechisch” gekonnt habe. Das deutet vielleicht darauf hin, daß William nur eine elementare Schulbilding genossen hat.

    Wer ist William Shakespeare? Na ja, so ist das Leben und die Geschichte.
    Auf die Antwort muß man noch lange warten.

    Stark.

    Like

  11. O professor de hoje e o aluno de ontem! Verdade ou mito?

    A figura do professor deve ser respeitada, mantida, apoiada e considerada como a peça indispensável de qualquer sistema que se adote para salas de aulas.

    O que não pode continuar é ver um professor correndo para dar aulas em vários locais, para compor a sua renda mensal.

    Ao ganhar um pouco mais com várias aulas, em vários estabelecimentos, ao longo do dia e da semana esse professor perderá a qualidade no desenvolvimento de sua disciplina, e se um médico for consultado, fatalmente, comprovará que esses professores, nessa carga violenta de trabalho, tendem a descontrolar sua saúde.

    Bem, vamos voltar nossa visão para a tão necessária volta aos bancos escolares, o professor precisa ou necessita manter-se atualizado em suas áreas de atuação. Os congressos, os simpósio, as exposições, os cursos extra-curriculares são combustível indispensável, não somente aos professores mas a todos os profissionais.

    Portanto, dê aos professores salários ao mesmo nível que é oferecido a outras carreiras profissionais, dê aos professores a oportunidade de período único de trabalho, dê aos professores condições de férias sem interrupções. Valorize o professor e a educação no pais será muito, muito melhor.

    Fica a pergunta, por que um professor não é visto como um profissional?
    Não se pode olhar um professor como um qualquer. As carreiras tem pisos salariais e plano de carreira, mas ao professor sobram filas e filas para conseguir mais e mais aulas, afim de poder sobreviver. Estamos falando de professores de escolas e alunos até o nivel técnico. Faculdades e Universidades tem outros parâmetros.

    O dia que os governantes cumprirem as Leis, e os direitos dos cidadãos no item educação forem respeitados, o professor de ontem será o melhor professor de Hoje.

    Darcy

    Like

  12. ALEMÃO COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA!

    Sem dúvidas, toda língua estrageira deve ser aprendida para atender a um objetivo, pois a aprendizagem demanda investimento em tempo, dinheiro, desprendimento de superstições e crendices.

    Em alemão estudamos os casos gramaticais como:

    ” Nominativ = sujeito da oração, aquele que conjuga o verbo.”
    ” Akkusativ = objeto direto / complemento do verbo transitivo direto”
    ” Dativ = objeto indireto / complemento do verbo transitivo indireto”
    ” Genitiv = concordância do partitivo / ex.: a porta do carro – die Tür des Wagens.

    Com o detalhe de que os artigos sofrem as alterações correspondentes aos casos gramaticais.
    Ex.: 01- der Mann arbeitet hier. Wo arbeitet der Mann? Wer arbeitet hier? (der Mann = Nominativ/sujeito da oração).
    O homem trabalha aqui. Onde o homem trabalha? Quem trabalha aqui.

    02- Der Fahrer sieht den Mann. Wen sieht der Fahrer? Wer sieht den Mann? ( den Mann = Akkusativ/ objeto direto).
    o motorista vê o homem. quem o motorista vê? Quem vê o homem?

    03 – Der Fahrer gibt dem Mann den Wagen. Was gibt der Fahrer dem Mann? Wem gibt der Fahrer den Wagen? (dem Mann= Dativ / objeto indireto da oração)

    Aqui temos “der Mann – quem faz algo” “dem Mann- a quem se dá algo/ quem recebe” “Den Wagen – o que é dado”.

    E o mais interessante que qualqauer termo na oração será perfeitamente compreendido, independemente de sua posição na frase, desd que seja deslocado de forma completa.
    Ex.: dem Mann gibt der Fahrer den Wagen. Não há alteração de compreensão do sentido.
    den Wagen gibt der Fahrer dem Mann. Idem, não há alteração de compreensão do sentido, a oração está perfeitamente completa.

    No próximo comment, abordaremos outras peculiaridades desse fantástico idioma. Nur wenn man richtig arbeitet, kann man bestehen.
    Allein Stark

    Like

  13. Das Nomen ( das Substantiv) – Singular und Plural:

    SINGULAR | PLURAL | EXEMPLOS:

    Der Lehrer die Lehrer der Fehler, der Füller, der Führer (- )
    das Fenster, das Zimmer, der Schüler (-)

    Das Heft die Hefte Der Abschnitt, der Bleistfit, der Freund, ( e)
    der Tisch…………………………………………..( e)

    Der Satz die Sätze der Fuß, der Schwamm, die Stadt, (“ e)
    der Stuhl, der Wand…………………………….(“e)

    das Kind die Kinder – – – –
    das Wort die Wörter das Buch, das Haus, das Land……………..(“er)

    die Antwort die Antworten die Frau, der Herr, dieTür…………………..(_en)

    die Frage die Fragen die Decke, die Karte, die Lampe,
    der Name, die Schule, die Sprache
    die Stunde, die Regel, die Tafel…………..(_n)

    die Lehrerin die Lehrerinnen die Schülerin, die Freundin………………..(_nen)

    Wie heissen die Artikel und die Pluralformen?

    ……Antwort ….Füller …..Lampe ….Stadt
    ……Bleistift ….Fuß …..Lehrer ….Stuhl
    ……Buch ….Haus …..Lehrerin ….Stunde
    ….. Decke ….Heft …..Name ….Tafel
    …..Fehler ….Herr …..Regel ….Tisch
    …..Fenster ….Karte ….Satz ….Tür
    …..Frage ….Kind ….Schule ….Wort
    …..Frau ….Kontinent ….Schulzimer ….Wand
    …..Freund ….Land ….Schwamm ….Zimmer
    …..Freundin ….Landkarte ….Sprache ….Finger
    ….Ball ….Glas ….Flasche ….Brille
    ….Hand ….Bogen ….Wagen ….Boden

    Falar duas línguas é ter duas almas dizia Rui Barbosa.
    Com esforço, perseverança, assuidade, objetividade a aprendizagem se completa.
    Com a prática chega-se à excelência.
    Allein Stark.

    Like

  14. ARTIGO INDEFINIDO NA LÍNGUA ALEMÃ!

    Os artigos “der”, “die”, “das” se transformam em “die”.
    Ex.:
    Der Mann – die Männer – o homem, os homens.

    Die Frau – die Frauen – a mulher, as mulheres / a senhora, as senhoras.

    Das Kind- die Kinder – a criança, as crianças .

    Como vê, a compreensão ao longos dos estudos vai ficando mais simples, mais fácil,

    mentendo em mente que não se deve traduzir os artigos, isto é, não devemos dar aos artigos em alemão, um nome.

    A seguir mais detalhes. Não deixe de manter contato, será sempre um prazer interagir com nossos leitores, alunos e amigos.

    Allein Stark – In der Welt, alle Menschen wollen glücklich sein.

    Like

  15. Artikel “DAS”

    1) Todo substantivo terminado em “o” ou “um” tem o artigo “DAS”.

    OBS: todo substantivo em alemão tem a letra inicial em “maiúculo”. Ex.: Haus. [das Haus – a casa]

    das Büro- o escritório, das Studio- o estudio, das Museum- o museu, das Kino- o cinema.

    2) As desinências que fazem o diminutivo dos substantivos ” lein, chen” dão ao diminutivo o artigo ” das”.

    das Brötchen- o pãozinho, das Bruderlein – o irmãozinho.

    3) Todas as palavras de raiz não germanica leva o artigo “das”.

    das Haus- a casa, das Hotel – o hotel, das Kind- a criança, das Auto- o automóvel. das Papier- o papel.

    Como acabamos de ver, os artigos em alemão tem uma razão de ser, e dominar esse conhecimento é muito importante pela motivo de que qualquer palavra que ocupar o lugar do artigo sofrerá a alteração deste e atende ao caso gramatival em que esse se encontrava.

    ex. der Mann arbeitet hier. – o homem trabalha aqui.
    einer Mann arbeitet hier – um homem trabalha aqui.
    Este é o caso nominativo ou seja, que dá nome à oração, “sujeito”.

    No próximo comentário apresentaremos outras curiosidades e vamos derrubando os mitos de que aprender o idioma alemão é difícil.

    Allein Stark – Nur wenn man richtig arbeitet, kann man bestehen.

    Like

  16. Artikel “DIE”

    Todo dissílabo terminado em “e” tem o artigo “die”

    Die Tasche – a bolsa, die Tasse- a xícara, die Sonne- o sol, die Blume- a flor.

    Todo monossílabo de pronúncia aberta tem o artigo “die”

    Die Frau- a mulher, a senhora, die Tür – a porta, die Hand-a mão, die Uhr- o relógio.

    No próximo comentário apresentaremos mais informações. Siga-nos, entre em contato aqui, envie-nos o endereço eletrônico que entraremos em contato.

    Darcy

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s